/ Vida e Poesia: Sonata ao desejo em tom maior Seja bem-vindo!

Vida e Poesia

As emoções acumulam-se, entreolham-se...e os loucos e desenfreados pensamentos chocam-se: nascem idéias que traduzem um pouco da minha essência poética que, com muito gosto, socializo com aqueles que apreciam ler escritos da alma.

sexta-feira, junho 25, 2010

Sonata ao desejo em tom maior



Noite escura, quente, abafada.
Meio às paredes cheias de mormaço,
palavras roucas presas na garganta,
cansada, tento adormecer,
livrar-me de tanto cansaço.

Olhos semicerrados,
esperando o sono chegar...

Na densa escuridão, miragens:
fagulhas de paixão bailam sobre mim,
incendeiam meu corpo,
(qual fogueira de desejo);
impiedosas me consomem,
coreografando sensações em ebulição.
Meus lábios, frementes, sedentos,
sentem o gosto de teu beijo...

Ah, é sempre desse jeito, sempre!
Tudo se repete, tudo,
(parece até um castigo).
Uma vez mais essa chama ardente
invade-me,
incendeia-me,
queima-me toda, assim,
sempre assim,
toda vez que sonho contigo!

Copyright © 2010 by Lou Correia
All rights reserved.